-

Dia de sol com algumas nuvens e névoa ao amanhecer. Noite com poucas nuvens.

21/02/2020 17:20

UBS do Agenor Barduco abre na segunda de Carnaval para vacinação contra o sarampo

Unidade de Saúde funcionará das 10 às 16h para vacinação contra o sarampo e atendimento a pacientes com suspeita de dengue

UBS atenderá apenas moradores da região do Agenor Barduco

Fotos Crédito: Arquivo/NCS/PMI

Fonte: Caroline Vicentini/NCS/PMI

A Secretaria Municipal de Saúde informa que a Unidade Básica de Saúde (UBS) La Fontaine Corrêa (Conjunto Agenor Barduco) estará aberta na próxima segunda-feira de Carnaval (24), das 10 às 16 horas, exclusivamente para vacinar moradores da região contra o sarampo e atualização da carteira de vacinação, além de atender pacientes com sintomas de dengue, por ser uma das regiões da cidade com maior número de casos notificados e confirmados da doença.


Segundo o secretário de Saúde, Paulo Zapparoli, a unidade de saúde atende uma região muito populosa e nem todos conseguiram tomar a vacina no último sábado (15), quando ocorreu o “Dia D” da Campanha Nacional contra o Sarampo. Neste dia, as UBSs da área urbana funcionaram das 8 às 17 horas, e as da zona rural das 8 ao meio dia.

 

A equipe de transporte também estará à disposição para caso seja necessário transferir pacientes para outras unidades, como UPA e Hospital Cristo Rei. “A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas está preparada para um possível aumento de demanda na época do Carnaval. Durante o período de maior procura, duas equipes estão disponíveis para atender exclusivamente casos de suspeita da doença, e no período da noite, uma equipe reforça o atendimento na unidade”, informa Zapparoli.


No Paraná, a campanha contempla as pessoas de 5 até 59 anos. Para as faixas etárias de 5 até 19 anos e as de 30 a 59 anos a vacinação é seletiva, ou seja, só vai receber a vacina a pessoa que não tem o registro vacinal ou está com o esquema vacinal incompleto. Quem tem entre 20 a 29 anos receberá dose extra mesmo que o esquema vacinal esteja completo. Para a população de 01 a 29 anos são necessárias duas doses, e de 30 a 59 anos, apenas uma.

 

A vacina somente é contraindicada para pessoas com a imunidade baixa, mulheres grávidas, menores de seis meses de idade e pacientes que tomam medicações imunossupressoras. Para se imunizar, basta comparecer à UBS portando um documento de identificação com foto e a caderneta de vacinação.

 

 

Grande procura no Dia D

 

 

Conforme o Setor de Epidemiologia, no Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Dengue, realizado no sábado (15), 498 pessoas foram imunizadas. “Foi uma ação muito produtiva, por conta da atualização e verificação vacinal. Além do sarampo, muitos se imunizaram contra a febre amarela, hepatite B e tétano”, avalia a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Vanessa Luquini.


Desde o início da campanha, iniciada em 10 de fevereiro, 840 pessoas se vacinaram contra o sarampo em Ibiporã, sendo 350 na faixa dos 20 aos 29 anos, onde há o maior número de registros de casos no Paraná, e que, por isso, está recebendo uma dose extra mesmo com o esquema vacinal completo.


O público alvo municipal é de 11.723 pessoas de 05 a 19 anos, e 20.082 com idade de 30 a 59 anos. Esses são esperados para que compareçam ao serviço de saúde para verificar a carteira de vacina e receber doses. Já na população de 20 a 29 anos são esperadas 8.054 pessoas, que receberão dose extra mesmo que o esquema de vacinas já esteja em dia.


A meta é que 95% desses ibiporaenses sejam vacinados. A campanha segue até o dia 13 de março. “O sarampo é uma doença infecciosa e aguda, transmitida por secreções, e altamente contagiosa. Como não há um tratamento específico, a forma mais eficaz de se prevenir ainda é a vacina, fornecida gratuitamente em todas as Unidades Básicas de Saúde, e que protege não só a pessoa que foi imunizada, mas também seus familiares e outras pessoas do convívio, inclusive os que não podem tomar a vacina”, destaca Vanessa.


Sintomas do Sarampo

 

O sarampo é uma doença transmitida por secreções como gotículas eliminadas pelo espirro ou pela tosse. O período de incubação, ou seja, o tempo entre o contágio e o aparecimento dos sintomas, é de cerca de 12 dias, mas a transmissão pode ocorrer antes do aparecimento dos sintomas e estender-se até o quarto dia depois que surgiram placas avermelhadas na pele.


O sarampo é uma doença potencialmente grave. Em gestantes, pode provocar aborto ou parto prematuro. Confira os sintomas:  

·        

Manchas avermelhadas na pele (exantema maculopapular eritematoso), que começam no rosto e progridem em direção aos pés;

·         Febre;

·         Tosse;

·         Mal-estar;

·         Conjuntivite;

·         Coriza;

·         Perda do apetite;

·         Manchas brancas na parte interna das bochechas (exantema de Koplik);

·         Otite;

·         Pneumonia;

Encefalite.