A- A A+

Arte Marcial brasileira é oferecida gratuitamente em Ibiporã

18/03/2015 11:49

Administração Municipal incentiva a prática esportiva e oferece aulas de capoeira sem custo aos cidadãos

Núcleo de Comunicação Social/PMI

"Projeto Capoeira" no Serraia

 

 

 

A Capoeira, arte marcial brasileira, foi desenvolvida pelos escravos como proteção contra os capitães do mato. Para driblar os senhores de engenho que não os permitiam praticar nenhum tipo de luta, os escravos utilizavam ritmos, música e também movimento de danças africanas, disfarçando os golpes com gingado e melodia.

 

Com o passar do tempo, a Capoeira foi disseminada do Brasil para os cinco continentes. Atualmente, o esporte é praticado por crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos. Em Ibiporã, a Administração Municipal, por meio da Secretaria de Esportes em parceria com a Associação de Capoeira da Região de Ibiporã (ACAREI),  oferece gratuitamente o "Projeto Capoeira", que  conta com quatro professores e alcança mais de 150 participantes, divididos entre os Conjuntos Habitacionais Henrique Alves Pereira (Serraia), Ângelo Maggi, Afonso Sarábia, Jardim Pérola e o distrito da Taquara do Reino.

 

Andrey Henrique Ferreira, de 27 anos, treina Capoeira desde os 17, no Centro Comunitário do Serraia. "Comecei a fazer as aulas de Capoeira por curiosidade. Gostei demais e estou aqui até hoje", revela. "O esporte me ajudou muito com a disciplina, levo isso para a minha vida sempre. Além de ajudar na saúde e a manter a forma física", garante ele.

 

Claudemir Pereira da Silva leva os dois filhos e três sobrinhos às aulas de Capoeira toda segunda e quarta-feira, no Jardim Pérola. "Os cinco, em idade escolar, estão treinando há um mês, mais ou menos, desde que as aulas iniciaram aqui. Eles sempre gostaram do esporte, se interessavam e quando surgiu a oportunidade começaram a treinar. Sempre apoiamos porque acreditamos que o esporte é fundamental na vida de qualquer cidadão. Começando cedo as crianças crescem com outra visão de vida. Longe das drogas e outras coisas ruins", afirma Silva.

 

Conforme Mestre Cláudio, coordenador geral do projeto, vários pais relatam a melhora e progresso do comportamento dos filhos. "Trabalhamos muito com integração, disciplina e prevenção. Nossa intenção é criar laços afetivos na vida cotidiana dos participantes e que os ensinamentos durante as aulas sejam levados para a vida. Trabalhamos também com algumas regras: respeitar seu professor, o de capoeira e todos os outros. Cuidar do patrimônio público e ser uma pessoa boa perante a sociedade. Essas regras refletem muito no cotidiano dos alunos", garante o mestre.

 

Segundo o prefeito José Maria, a Administração Municipal incentiva, apoia e patrocina a prática esportiva porque reconhece a importância da atividade como fator de manutenção da saúde e na prevenção de doenças relacionadas ao sedentarismo. "A Capoeira tem contribuído muito no desenvolvimento dos participantes, pois promove integração social e contribui com a disciplina e companheirismo. A prática da capoeira, quando adequadamente orientada pelo professor, o participante, revela-se mais participativo, tolerante e agregador no seu meio", expõe José Maria.

"A capoeira é uma grande arte que mistura ginga, esporte, dança, aprimora o controle emocional e melhora a condição física dos participantes, é luta, é arte, é esporte. Participe", finaliza o secretário de Esportes, Jayme Lino.

 

As inscrições para as aulas de capoeiras estão abertas. Os interessados devem comparecer no treino e conversar com o professor. A partir dos 08 anos, todos que se interessam pelo esporte podem participar. Confira os locais e horários de aulas:

 

Ginásio de Esportes Fioravante Pedro Scolari - Jardim Pérola

Segunda e quarta-feira às 18 horas

 

Centro Comunitário do Conj. Henrique Alves Pereira (Serraia)

Segunda e quarta-feira às 18h30min.

 

Taquara do Reino

Segunda e quarta-feira às 18h30min.

 

Centro Comunitário do Conjunto Angelo Maggi

Terça e quinta-feira às 18h30min.

 

Salão de Igreja do Jardim Jhonn Kennedy

Terça e quinta-feira às 18 horas

 

Quadra Esportiva do Conjunto Afonso Sarábia

Terça e quinta-feira às 17 horas

 

 

 

de Bárbara Vieira - Núcleo de Comunicação Social - PMI

Galeria de imagens