-

Sol o dia todo sem nuvens no céu. Noite de tempo aberto ainda sem nuvens.

27/04/2020 15:50

Prefeitura conclui a instalação das 380 câmeras de monitoramento espalhadas pelo município

A maioria dos equipamentos foram colocados em 31 prédios públicos, com objetivo de oferecer maior segurança aos servidores e à população

Ao todo o município tem 642 câmeras instaladas

Fotos Crédito: Divulgação/NCS/PMI

Fonte: Núcleo de Comunicação Social - PMI

Recentemente a empresa que ganhou a licitação para instalação das câmeras de monitoramento em 31 prédios da Prefeitura do Município de Ibiporã, concluiu os trabalhos, e agora, oficialmente, há mais 380 equipamentos em pleno funcionamento. Todos foram instalados pensando em dar maior segurança aos servidores, à população, e prevenir crimes como furtos e roubos.

Ao todo a Prefeitura investiu R$ 360 mil na aquisição dos equipamentos, que passaram a serem instalados em meados do mês de maio de 2019. A empresa Comando tinha o prazo legal de até 12 meses para concluir os trabalhos. As câmeras foram colocadas em locais como escolas e Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Elas foram posicionadas em ambientes internos e também externos, voltadas para a rua.

Ibiporã já tinha outras 262 câmeras em funcionamento. Ao todo agora são 642 equipamentos de segurança, o que rendeu ao município no início do segundo semestre de 2019 o título de Projeto Inovador do Noroeste Paranaense, que foi concedido pela Rede Cidade Digital (RCD) a 10 dez municípios do Norte e Noroeste do Estado, por iniciativas tecnológicas implantadas nas localidades.

As câmeras geram imagens em High Definition (HD), e possuem sensor de movimento, além de infravermelho para filmar à noite. Algumas possuem conexão via IP, ou seja, transmitem imagens a necessidade de fios para conexão. Todas ficam dentro de uma espécie de gaiola para protegê-las contra o vandalismo. Além disso, nove supercâmeras passaram por manutenção e foram reativadas e colocadas em pontos estratégicos da cidade.

As imagens produzidas ficam em poder da Prefeitura, porém, a ideia agora é fomentar o projeto que visa firmar uma parceria com a Polícia Militar (PM), que também passaria a monitorar as câmeras em um Centro de Controle Operacional instalado na sede do comando regional (5º BPM), em Londrina, que receberá as imagens online, via VPN, e em tempo real.

Para que os equipamentos continuem preservados e funcionando perfeitamente, uma equipe de servidores técnicos ficará responsável pela manutenção de rotina.