-

Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde. À noite o tempo fica aberto.

10/07/2020 15:29

Educadores do Serviço de Convivência gravam material a ser encaminhado às crianças e adolescentes

“Festas Juninas” foi o primeiro tema trabalhado pelos educadores. Como forma de fortalecer vínculos, atividades propostas envolvem toda a família dos educandos

“Festas Juninas” foi o primeiro tema gravado em vídeo pelos educadores

Fotos Crédito: Divulgação/SCFV

Fonte: Colaboração da Secretaria de Assistência Social

Os educadores dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos -  SCFV do Centro, Ambiental e Taquara do Reino, conforme proposto, estão colocando em prática suas estratégias e a ações inovadoras para o enfrentamento do distanciamento social em função da COVID -19 .


De forma bastante criativa, na última sexta-feira (03), eles realizaram as primeiras gravações do material que será encaminhado às crianças e adolescentes inseridos nos serviços, com atividades e brincadeiras que envolvem toda a família, como forma de interação e fortalecimento dos vínculos familiares.


Na oportunidade, estiveram prestigiando os trabalhos o prefeito João Coloniezi e a secretária de Assistência Social, Ireny Sorge. Eles também participaram das gravações, como forma de apresentar e incentivar a execução do projeto, bem como incentivar a adesão das famílias.


O tema a princípio trabalhado foi atividades culturais, “festas juninas” com atuações, danças, brincadeiras e culinárias típicas. Em especial a atividade culinária, além de propiciar momento de interação, poderá se tornar uma fonte de renda às famílias, que receberão kit com os ingredientes para confeccionar o doce instruído no vídeo.


Mesmo em época de distanciamento social, a equipe vem se empenhando para que o Serviço não perca seu objetivo e seja ofertado com qualidade, minimizando assim as vulnerabilidades encontradas.


O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (tanto o Centro de Convivência do Idoso (CCI) quanto o antigo Cemic) trata-se de um serviço da Proteção Social Básica do Sistema Único da Assistência Social, regulamentada pela tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais. Este serviço tem como objetivos complementar o trabalho social com a família, favorecer o desenvolvimento de atividades proporcionando troca de experiências e vivências, oportunizar o acesso a experiências e manifestações artísticas, culturais e esportivas e de lazer, bem como às informações sobre direitos e sobre participação cidadã, estimulando o desenvolvimento do usuário.

 


De acordo com a Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais, o Serviço de Convivência deve ser ofertado de forma a estimular as trocas culturais e a partilha de vivências, desenvolver o sentimento de pertença e de identidade, fortalecer os vínculos familiares, sempre sob a perspectiva de incentivar a socialização e a convivência familiar e comunitária.